site loader

Perdido Em Abbey Road

Artista:

Mas letras de 14 Bis

Estava andando pela rua
Quando de repente eu me vi
Perdido em abbey road

Onde est o caminho
Que me leve de volta?
Onde que eu vim parar?

E os meus amigos dispersos pelo mundo
A gente no se encontra mais pra cantar
Aquelas canes
Que disparavam nosso corao

A menina que saiu de casa
Numa quarta-feira
J voltou h muito tempo
E dela nunca mais se ouviu falar

E os meus amigos dispersos pelo mundo
A gente no se encontra mais pra cantar
Aquelas canes
Que disparavam nosso corao

Existe algum de ns
Que no conhece a dor
De se sentir sozinho
Perdido em abbey road

Pedra Bonita

Artista:

Mas letras de 14 Bis

Leio nas pedras um velho e claro sinal
Traos da escrita rupestre de algum ancestral
Linda viagem, visagem, mensagem de amor
Sol das cavernas, estradas eternas me vou

Amanheceu, vai alm
Tem nas mos girassis
Brinca de ser o que for
Brilham cem mil faris
Salta do nada, desata e dana ao redor
Tocam tambores nas tabas, nas selvas irms

Sai do silncio, serena, serena cano
Joga os deuses por terra se tens corao
Diz sorridente ao cigano que o sonho vingou
Sai do abandono e ouvirs as estrelas de luz

Sai do silncio, serena, serena cano
Brinca de ser o que for
Tem nas mos girassis

Gravo a laser histria que ainda no sei
Riscos da arte capricho da sorte que vem
Dorme um sono tranqilo na casa da paz
Risca na pedra bonita o nome do amor

Clareiras

Artista:

Mas letras de 14 Bis

Nasce o dia
E o sol te abraa aos poucos
E te escala os ombros
E deita no teu corpo
Meu ser se aquece
No teu peito e desce
Pelas tuas pernas
Terno e vigoroso sol
O meu corpo
Busca em tuas frestas
Tuas mais secretas
Fontes e florestas
Eu mergulho
E nado bem pra fundo
Dentro desse lago
No centro do teu mundo
S ento
Te ocupo os vos
Te invado
Quando os teus fluidos e muros
Se abrem pra invaso

Clareiras, claro
O tempo arde no corpo
Atrito e combusto
Clareiras, claro
O tempo arde no fogo
Gozo e emoo

O meu corpo
Busca as tuas frestas
Tuas mais secretas
Fontes e florestas
Eu mergulho
E nado bem pra fundo
Dentro desse lago
No centro do teu mundo
S ento
Te ocupo os vos
Te invado
Quando os teus fluidos e muros
Se abrem pra invaso

Clareiras, claro
O tempo arde no corpo
Atrito e combusto
Clareiras, claro
O tempo arde no fogo
Gozo e emoo

Ponta De Esperana

Artista:

Mas letras de 14 Bis

Agora imagine teu corpo sem nada
Sem nada que possa negar sua luz
E cada lugar tocado por ns
Vai ser alm do mal
Brilhar alm de todo azul
A festejar o cho
Dana menina

Clareira
Ponta de esperana
Clareira
Ponta de esperana
A porta dos coraes
Sempre aberta pra ns

A estrela da sorte que acontecer
Toda massa de sol despencando no mar
Todo amor
Ser porque ser
Por prazer
Que nunca venha a ser contra ns
(Contra ns)

O Fogo Do Teu Olhar

Artista:

Mas letras de 14 Bis

Lua cheia de Vero, p na estrada
Fim de show solido na madrugada
Pensamento voa
Com saudades de voc

O comeo da cano tem o seu jeito
Quando chega no refro, no tem defeito
Numa frase toa
Eu me lembro de voc

(Vem do luar)
Fonte de inspirao
(Vem me tocar)
Fundo no corao
O fogo do teu olhar

No compasso dessa chuva na janela
Ouo uma melodia, penso nela
Minha musa louca
Nunca vou te esquecer

Todo quarto de hotel, o mesmo drama
Sinto sempre teu perfume em toda cama
Uma noite pouco
Eu preciso de voc

(Vem do luar)
Fonte de inspirao
(Vem me tocar)
Fundo no corao
O fogo do teu olhar

Fogo do teu olhar
Fogo do teu olhar
Fonte de inspirao

Carrossel

Artista:

Mas letras de 14 Bis

Voc vai chegar
Ao entardecer
A brilhar
Nessa luz cor-de-outono

Voc vai lembrar
Quanto eu fui sonhar
Um pas todo em flor
Numa estrela

Tanto tempo eu sei
J se foi sem te alcanar
Carrossel
A girar em meu sonho

Vive em seu olhar
Um jardim feito em cano
Florescendo
No horizonte claro ao sol

Pedras Rolantes (Nas Ondas Do Rdio)

Artista:

Mas letras de 14 Bis

Asa branca voando nas ondas do rdio
Fazendo ponteio prs ave-marias
A estrela d’alva o bater do sino
Brilhando distante perdido divino

Companheiro do vento
Criatura da noite
Uma nuvem cigana
Olhando o tempo passar

O domingo no parque
Catavento girante
No descobre o segredo
Que rola na espuma do mar

Chegaram pelo Atlntico
Os gritos selvagens
E o belo horror nascente
Das pedras rolantes
O banquete dos mendigos
Nos campos de morango
E Lucy no cu com seus diamantes

Companheiro do vento
Criatura da noite
Uma nuvem cigana
Olhando o tempo passar

Belo Horror das cidades
Diamante celeste
Asa branca ferida
Olhando o tempo passar

Nuvens Día

Artista:

Mas letras de 14 Bis

Día
Nuvens
Vo as nuvens
As imagens que eu guardei pra mim
Nuvens claras
Sentimentos
Transparentes ondas de emoo

Ondas
Som das ondas
Carruagens pelo mar sem fim
So viagens
So momentos
Que passaram e que no passaro

Tudo que faz o amor valer
Fao virar cano
Se voc nem quiser me ver
Fao voc cantar

Fontes
So seus olhos
Diamantes que eu sonhei pra mim
Mas so nuvens
Vo no vento
Diferentes os nomes da paixo

Nomes
De pessoas (de lugares)
Nas esquinas dos amores vos
Vo ciganos
Nuvens claras
Que passaram e que no passaro

Tudo que faz o amor valer
Fao virar cano
Se voc nem quiser me ver
Fao voc cantar

Cano Da Amrica

Artista:

Mas letras de 14 Bis

Amigo coisa pra se guardar
Debaixo de sete chaves
Dentro do corao
Assim falava a cano
Que na Amrica ouvi
Mas quem cantava chorou
Ao ver seu amigo partir

Mas quem ficou
No pensamento voou
Com seu canto que o outro lembrou
E quem voou
No pensamento ficou
Com a lembrana que o outro cantou

Amigo coisa pra se guardar
No lado esquerdo do peito
Mesmo que o tempo e a distncia
Digam no
Mesmo esquecendo a cano
O que importa ouvir
A voz que vem do corao

Pois seja o que vier
Venha o que vier (venha o que vier)
Qualquer dia, amigo, eu volto a te encontrar
Qualquer dia, amigo, a gente vai se encontrar

Pois seja o que vier
Venha o que vier (venha o que vier)
Qualquer dia, amigo, eu volto a te encontrar
Qualquer dia, amigo, a gente vai se encontrar

Uma Velha Cano RockNRoll

Artista:

Mas letras de 14 Bis

Olhe ou venha
Solte seu corpo no mundo
Dance cada instante
Brinque comigo de novo

Nessa estrada
Um p nas nuvens
Outro p noutro lugar
Uma saudade
Uma viagem
Onde vai meu corao

Saiba como ser livre
Todo momento da vida
Viva cada instante
Dia aps dia aps dia

Nessa estrada
Um p nas nuvens
Outro p noutro lugar
Uma saudade
Uma viagem
Onde vai meu corao

Inda hoje inda bem no caminho
Vem algum mais algum muito mais
Canto alegre no sigo sozinho
Uma velha cano rock’n’roll

Inda vem mais algum no caminho
algum que no sai nunca mais
voc to feliz e sozinho
Uma eterna cano rock’n’roll